Belo Horizonte - MG
20 a 23 de julho de 2010
XXX Congresso da SBC
Computação verde: desafios científicos e tecnológicos
 
   
  Sobre BH

Primeira cidade planejada do Brasil, Belo Horizonte foi inaugurada em 12 de dezembro de 1897. Trata-se de uma cidade privilegiada, que alia as antigas tradições mineiras ao que existe de mais moderno e cosmopolita. A capital mineira possui todas as comodidades de uma grande metrópole, sem deixar de preservar as peculiaridades e características da vida do interior.

É uma cidade rica em atrativos, como os complexos das praças da Liberdade e da Estação, a Pampulha, projetada por Oscar Niemeyer e construída por Juscelino Kubitschek, o Mercado Central, museus, igrejas e teatros. Em Belo Horizonte, o turista encontra todas as tendências e manifestações da arquitetura ocorridas no mundo nos últimos 120 anos. São atrativos que misturam história, beleza, lazer e cultura.

Outro fator de tranquilidade para o turista é que Belo Horizonte conta com uma das mais estruturadas redes hoteleiras do país, o que tem transformado a cidade em pólo nacional do turismo de negócios. A rica e variada gastronomia também seduz o turista. Na cidade, há o que existe de melhor em termos de cozinha mineira, nacional e internacional e com um custo bem inferior em relação a outras metrópoles brasileiras. É difícil não cometer saudáveis exageros nos bares e restaurantes da capital mineira.

Vem de longe a tradição boêmia de Belo Horizonte. A noite da cidade foi inspiração e cúmplice para várias gerações de artistas mineiros que hoje são sucesso em todo o mundo. Quem vê o panorama tranquilo não imagina a efervescência, a vitalidade e a variedade de opções na vida noturna da cidade, conservando cada vez mais o título de capital brasileira dos barzinhos.

O agito da cidade é enriquecido pela intensa produção artística e cultural. As várias casas de shows e espetáculos contemplam atrações para todos os gostos e idades. E a cidade recebe com frequência eventos de porte nacional e internacional. Palácio das Artes, Minascentro, Chevrolet Hall são alguns exemplos de espaços para shows dos mais variados estilos e gêneros que proporcionam ao público conforto e comodidade.

E o que é melhor: quem visita Belo Horizonte experimenta a famosa e tradicional hospitalidade dos mineiros. Gente que, ao mesmo tempo em que cuida da cidade como se fosse a própria casa, sabe receber e cativar o turista com amizade, carinho e respeito. Em síntese, chegar em Belo Horizonte é muito fácil. Difícil é ir embora.


Dicas de viagem

MARCOS DA MODERNIDADE:

As curvas de Niemeyer delineiam Belo Horizonte e são belíssimos cartões-postais da cidade. As linhas do grande arquiteto ajudaram a construir nossa história, a pedido de Juscelino Kubitschek, então prefeito de Belo Horizonte, em 1940. Foi criado assim o Conjunto Arquitetônico da Pampulha, um marco da arquitetura moderna, que inspirou a construção de Brasília. A arte na Pampulha está nas obras de Niemeyer e de grandes artistas como Portinari, Ceschiatti, Burle Marx, Zamoiski, José Pedrosa, Guignard, e também por toda a cidade.

Atrativos: Igreja São Francisco de Assis, Casa do Baile, Museu de Arte da Pampulha, Mineirão, Mineirinho, Museu de Ciências Morfológicas UFMG, Parque Guanabara, Fundação Zôo-Botânica, que reúne o Zoológico, Jardim Botânico, Jardim Japonês, Borboletário, Parque Ecológico da Pampulha e o Memorial da Imigração Japonesa.


OFÍCIOS DE MINAS

Praça da Estação: A Praça Rui Barbosa, conhecida como Praça da Estação, é um dos principais espaços públicos para a realização de shows e eventos ao ar livre em Belo Horizonte. Nela, acontece uma das maiores festas juninas do país, o Arraial de Belô. Mas a sua história começa junto com a origem da cidade. Ela abrigava a estação de trem por onde chegavam os materiais para a construção da nova capital mineira. Hoje, abriga uma estação do metrô e conta ainda com um grande atrativo: o Museu de Artes e Ofícios, o único da América Latina implantado em um belo edifício neoclássico.

Av. Afonso Pena: Eixo vital do centro de Belo Horizonte é o coração econômico da capital mineira e interliga atrativos turísticos naturais e culturais. Por ela e no seu entorno podemos encontrar vários atrativos da cidade, como o Parque Municipal, o Palácio das Artes, a Igreja de São José e, sempre aos domingos, a Feira de Artesanato, a maior em espaço aberto da América Latina.

Atrativos: Museu de Artes e Ofícios, Museu Giramundo, Serraria Souza Pinto, Centro Cultural Laces JK, Conservatório de Música da UFMG, Igreja São José, Museu Inimá de Paula, Feira de Arte e Artesanato da Afonso Pena, Feira Tom Jobim, Feira de Flores e Plantas Naturais, Parque Municipal, Palácio das Artes, Instituto Moreira Sales, Praça Sete.


SINTESES DE MINAS

Belo Horizonte foi formada, principalmente, por pessoas que vieram do interior, trazendo com elas seus hábitos, sua cultura. O belo-horizontino valoriza e preserva estas tradições. Ao mesmo tempo, Belo Horizonte é uma das cidades que mais crescem no Brasil. E está cada dia mais moderna, sofisticada, com hábitos cada vez mais cosmopolitanos e total infraestrutura. Seja na modernidade ou na tradição, o gosto pela autenticidade e qualidade de vida está sempre presente na cultura mineira.

Atrativos: Minascentro, Catedral da Fé, Mercado Central, Museu de Minerais da Irffi Internacional, Praça da Assembléia e Praça Raul Soares.


PASSADO E PRESENTE

Belo Horizonte é uma cidade planejada – a primeira do Brasil - traçada a partir de um pequeno arraial chamado Curral Del-Rey. Ao longo dos anos, foram sendo incorporadas construções neoclássicas, art déco e modernistas, seguindo as tendências de cada época. Por seu cuidado com o paisagismo, Belo Horizonte já foi chamada de “Cidade Jardim”. Uma boa mostra da mistura do estilo arquitetônico e paisagístico da cidade está na Praça da Liberdade, em meio a belíssimos jardins.

Atrativos: Praça da Liberdade, Praça da Savassi, Palácio da Liberdade, Museu de Mineralogia Igreja da Boa Viagem, Igreja de Lourdes, Museu dos Brinquedos, Museu Mineiro, Museu Histórico Abílio Barreto, Museu da Escola de Minas Gerais.


HORIZONTES DA CIDADE

Não é à toa que Belo Horizonte tem este nome. A cidade que tem nome de paisagem fica entre montanhas e é emoldurada pela Serra do Curral, eleita o símbolo da capital mineira. De onde se olha pode-se ter uma bela vista, seja nos mirantes, na Praça do Papa, no Parque das Mangabeiras, nas encostas das serras: há sempre um lugar para ver o pôr-do-sol, fazer caminhadas, trilhas e piqueniques pelas montanhas, praticar esportes radicais ou simplesmente contemplar as belezas naturais à sua volta.

Atrativos: Museu das Telecomunicações - Oi Futuro, Praça do Papa, Praça da Bandeira, Parque das Mangabeiras, Rua do Amendoim, Torre Altavila, Parque JK, Mirante das Mangabeiras – Praça Efigênio Salles.


CIRCUITO TURÍSTICO DE BELO HORIZONTE

Telefone: Alô Turismo: (31) 3220-1310 – Diariamente, das 8 às 22 horas.
Site: www.belohorizonte.mg.gov.br
Email: belotur<at>pbh.gov.br

Fonte das informações:

Belotur – Empresa Municipal de Turismo de Belo Horizonte
Rua Aimorés 981 - 6º andar - Funcionários – Belo Horizonte – Minas Gerais – 30140-071

**Todas as informações contidas neste texto são de responsabilidade da Belotur.

Belo Horizonte é a porta de entrada de algumas das mais conhecidas cidades históricas brasileiras. Em seu entorno é possível se fazer uma viagem no tempo, apreciando a riqueza do barroco mineiro, deliciando-se com a tradicional comida mineira e conhecendo o diversificado artesanato local. Cidades históricas como Ouro Preto, Tiradentes, Mariana, Congonhas e São João Del Rey estão a menos de duas horas de distância de Belo Horizonte e diversos programas turísticos estão disponíveis para aqueles desejosos de conhecer um pouco mais da história de Minas e do Brasil.

Além das cidades históricas, parques e reservas naturais fazem das redondezas de Belo Horizonte um paraíso para a prática de eco-esportes ou apenas para apreciação da natureza. Os principais roteiros ecológicos das redondezas de Belo Horizonte são o Circuito das Grutas, o Circuito do Ouro, o Parque Nacional da Serra do Cipó, a Trilha dos Bandeirantes e as Veredas do Paraopeba.

Conheça as atrações turísticas da capital e seu entorno.

   
Patrocinadores  
     
 
Comunidades
 
 
Organização e Promoção PUC Minas SBC - Sociedade Brasileira de Computação
Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais - Todos os Direitos Reservados 2010